Quem não lê, com Luís Corte Real

“Quem não lê, mal fala, mal ouve, mal vê.” Frase de Monteiro Lobato é o título desta entrevista. O primeiro convidado é Luís Corte Real, fundador da editora Saída de Emergência em 2003.Hoje o Luís, editor de sucesso é autor e está em pleno lançamento do seu primeiro livro, “O Deus das Moscas Tem Fome”.EsteContinue a ler “Quem não lê, com Luís Corte Real”

Excerto de “O Deus das Moscas tem Fome” de Luís Corte Real no Público

Excerto de O Deus das Moscas Tem Fome, de Luís Corte Real Luís Corte Real fundou a editora Saída de Emergência em 2003. Desde então criou a Coleção Bang! e a Revista Bang!, publicação semestral e gratuita dedicada à fantasia, FC e horror. Nesta sua primeira obra, apresenta-nos Benjamim Tormenta:“o famoso detective do oculto que se moveContinue a ler “Excerto de “O Deus das Moscas tem Fome” de Luís Corte Real no Público”

Opinião de Luís Filipe Silva

“Estamos perante um fenómeno único na História, não só da literatura fantástica nacional como da própria literatura portuguesa: temos finalmente o nosso detetive do oculto! Um personagem contemporâneo das invenções de Le Fanu, Blackwood, e do próprio Conan Doyle, na sua vertente mística. Habitante de finais do século XIX, numa época em que o mundoContinue a ler “Opinião de Luís Filipe Silva”

Opinião de Adelino Cunha

“Alguns autores escrevem como se escrevessem só para nós, mas quantos têm Eça de Queirós como narrador de cabeceira? É nessa atmosfera queiroziana da Lisboa do século XIX que o leitor mergulha com estas páginas de mistério, oculto e fantástico. São páginas que Luís Corte Real parece ter escrito para cada um de nós. TalvezContinue a ler “Opinião de Adelino Cunha”