O DEUS DAS MOSCAS TEM FOME “Ler y Criticar”

Depois de tudo isto, digo-vos que se gostam do género, este é um livro a ter debaixo de olho. Da minha parte, terei debaixo de olho o próximo livro, que claramente terá de acontecer e que espero que traga a mesma fórmula ganhadora com os trunfos que mencionei. Quem diria que Lisboa do século XIX poderia ter tanta fantasia ainda por se descobrir? Recomendado!

Não quero revelar nada sobre este livro, mas posso dizer-vos que quando acabou, queria mais, e isso é algo que sinto cada vez menos nos livros de fantasia, principalmente pela falta de originalidade. Claro que este livro tem claras influências de grandes autores de fantasia, como por exemplo Lovecraft ou Arthur Conan Doyle, mas é uma mistura de vários conceitos que está bem conseguida, sem parecer forçada, e que é original em vários aspetos. Este é um livro que vive do seu suspense, de dúvidas na mente do leitor e de um ambiente bem detalhado mas que não estraga o ritmo da narrativa e assim nos empurra para continuar a ler. E acredita que o livro acaba de forma muito bem conseguida e que liga várias linhas condutoras para que depois todo o livro se torne melhor.

Para leres a critica na íntegra clica aqui

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: